Matérias sobre ‘S’

Voltar para a página principal

O Sino-Irlandês

Apesar do nome popular, o Sino-Irlandês não é originário da Irlanda, mas da oeste da Ásia. Ela é relacionada botanicamente com a Hortelã e com a Lavanda. Seu caule é herbáceo, ereto e pouco ramificado. As folhas são simples, arredondadas, com longos pecíolos, nervuras salientes e margens serrilhadas. As inflorescências são longas espigas, com cerca de 30 cm de comprimento, de onde surgem as flores brancas, discretas e perfumadas, mas protegidas por grandes e vistosos cálices em forma de sino, de cor verde-esmeralda. As sementes são pretas e triangulares. (mais…)

A Sálvia

salviaÉ uma planta semi-lenhosa. Costuma murchar no inverno, mas brota novamente na primavera. A Sálvia deveria ser chamada de “Cantinho dos beija-flores”. Suas flores tubulares esbanjam uma forte cor vermelha, e sua atração aos beija-flores e também às borboletas é um ótimo motivo para que se plante nas épocas de primavera. É uma ótima recomendação para canteiros de jardim, se quiser que sua casa fique com a frente totalmente linda. Com sua fragrância que lembra o abacaxi, são deliciosas e dão cores em saladas de frutas, bebidas e sobremesas. É necessário sol pleno para seu desenvolvimento e regas regulares para um melhor crescimento e florescimento. (mais…)

A Sempre Viva

sempre-vivaCerca de duas mil pessoas vivem exclusivamente do extrativismo dessa planta e, contraditoriamente, a Sempre-viva, que são flores que podem durar até 50 anos, mas, por ironia, hoje se encontra ameaçada de extinção. As Sempre-Vivas existem nas cores: Flores de cor brancas, flores de cor carmim, flores de cor creme, flores de rosada e rosa com brilho. São chamadas por esse nome, Sempre-Vivas, porque são capazes de manter as cores e o aspecto vivo mesmo depois de secas. As Sempre-Vivas, são apropriadas para arranjos de folhas secas, bastante adequadas aos métodos tradicionais de secagem. (mais…)